• Ale Noite GD

GameDev blog #07 – Fiquei doente, motivação, game design, zumbis, card game, vacas e alienígenas

Olá! Lá no meu video do youtube falei um pouco da minha ausência (novamente), sobre um projetinho que comecei e terminei, um que eu comecei e parei e como foi retornar ao jogo em que estava fazendo. Aqui vou detalhar um pouco mais sobre tudo isso, com dicas de como você pode desenvolver seu próprio mod de jogo treinando suas habilidades em game design e porque jogos de tabuleiro são o melhor caminho para isso.




Uma jornada confusa mas com muito auto-conhecimento


Só eu sei o quanto essa jornada me fez aprender sobre jogos e a mim mesmo. Quando comecei tudo isso esperava ser uma linha reta, planejar o jogo, executar sua produção, publicar e é claro, dividir tudo isso com você e a comunidade de jogos. Doce ilusão.




Conheço alguns game devs incríveis no Brasil que fazem jogos melhores que o meu, artistas melhores, programadores melhores (apesar de que para isso, não é difícil haha), enfim, o ponto é que todas essas pessoas eu conheci através de eventos, amigos de amigos ou eventualmente, quando viravam noticias de sites relacionados a games. Mas essas pessoas não compartilhavam muito suas jornadas publicamente e eu só ficava sabendo delas conversando diretamente com elas. Alguns possuem histórias incríveis, com muitos altos e baixos, com coisas externas que nada tem a ver com jogo, mas que fizeram parte da caminhada para desenvolver o jogo. Essas histórias não vem a público. Compartilhar a minha jornada é algo que quero que sirva como uma forma de inspiração para outros desenvolvedores de jogos e aspirantes a também compartilhar suas jornadas, e inspirar mais pessoas a aprender o que realmente é fazer um jogo, até a sua parte obscura, as falhas, os tropeços, os fracassos e os “jeitinhos brasileiros” para tornar o jogo uma realidade. O que acaba chegando a maioria de nós é somente o sucesso. Porque são esses que se destacam e que vendem mais. O problema é que isso cria ilusões que acabam por enganar principalmente os mais jovens na área de games a acreditar que comprando aquele curso online de R$10,00, fazer seu primeiro jogo em alguns meses vai garantir a ele milhões de retorno facilmente. E ele se frustra quando isso dá errado.


Eu passei por uma depressão muito forte, falhei em participar do Big Festival com meu jogo esse ano, fiquei muito tempo sem postar nada em redes sociais, fiz e terminei um mod do Zombicide, comecei a fazer um card game e voltei ao jogo que estava fazendo, chamei dois amigos para continuar o projeto e continuo nessa maratona... Se o eu do futuro aparecesse para mim quando comecei isso tudo e dissesse “Noite, senta aqui, deixa eu te contar que esse jogo não vai levar 3 meses como você está planejando...” eu não acreditaria. Mas como disse, cada jogo tem sua história, a minha é essa e eu tenho muito orgulho de ter superado cada um dos obstáculos e de poder compartilhar tudo com você e a comunidade. Tem sido uma jornada incrível, mesmo os pontos mais baixos me ensinaram muita coisa e eu sou grato a tudo isso.


Como experimentar Game Design (na prática)


Como dito no vídeo, um ótimo começo e treinamento com relação a Game Design é fazer mods de jogos de tabuleiro.

Porque tabuleiro? As peças estão lá, você não precisa programar nada, o seu funcionamento é você que define e por isso você consegue explorar várias possibilidades em pouco tempo.



1º PASSO - Setup

Junte o máximo de peças que você tem para fazer seu jogo, vale lego, vale tampinhas de garrafa, vale misturar jogos de tabuleiro, vale criar suas próprias cartas cortando um sulfite, use sua criatividade!


2º Passo – Brainstorming

Com todas essas peças, comece pensando em que tipo de jogo você quer fazer? Qual tipo de jogo você gosta? Qual o objetivo do seu jogo? Brinque com as peças, espalhe elas, reorganize, busque ideias, anote tudo, não fique preso a uma possibilidade, anote várias possibilidades de mecânicas, jogos, temas...


3º Passo – Escreva, teste, QUESTIONE-SE, mude, repita!

A partir de agora, você vai selecionar as ideias que mais gostou e vai tentar montar algumas regras para que o jogo funcione, escreva as regras básicas, condições de vitória e derrota. Agora jogue seu jogo (se ele for para vários jogadores e você estiver sozinho não tem problema, você está apenas testando, simule vários jogadores você mesmo). Após jogar, questione-se sobre quais pontos positivos e negativos do jogo, porque ele está chato? Porque isso aqui é divertido? Porque o jogo demora tanto? Porque o jogo é tão rápido. SEJA CRÍTICO! Pergunte, pergunte e pergunte, pois é com base nas respostas que você vai reescrever as regras para testar uma versão melhor de seu jogo e seguir com o processo. Este processo de mudar regras e testar pode ser feito inúmeras vezes, nunca se sabe exatamente quantas vezes é necessário fazer até encontrar a experiência mais próxima do que você almeja do seu jogo. Uma dica nessa fase é tentar potencializar o que é divertido no seu jogo e diminuir ao máximo o que é menos divertido de se fazer no jogo. Exemplo: Se seu jogo tem fases de comércio e batalha, mas a fase do comercio é chata e dura 5 minutos enquanto a batalha é legal e dura só 30 segundos, tente encontrar um equilíbrio para que o comércio dure menos ou seja mais divertido de se fazer e que o combate dure mais com relação ao comércio.


4º Passo – Polimento e testes com outras pessoas

Você terminou a fase de testes e acha que não tem mais o que mudar? Ótimo! Agora, você deve dar uma polida no seu protótipo, separar as peças uteis das que não vai usar, escrever melhor as regras e buscar outras pessoas para testa-lo e anotar se as pessoas estão tendo a experiência que você buscava no jogo ou se estão tendo dificuldades ainda. Se estiverem tendo dificuldades, anote tudo depois ajuste e tente testar novamente


5º Passo Conclusão

Game Design em jogos de tabuleiro é um ciclo quase infinito de escreve, testa, muda e repete até encontrar o melhor balanceamento e as melhores regras. Você aprende muito nesse processo e se gostou da experiência, muito provavelmente você também vai gostar de game design em jogos digitais. Lembre-se que uma das maiores diferenças para o digital é que existem muitas regras executadas automaticamente o que possibilita jogos mais complexos. (Por exemplo os inimigos de um jogo são todos feitos a partir de regras que o game designer definiu mas que o sistema faz eles atacarem e se movimentarem automaticamente).


Lembrando que você pode acessar meu mod de zombicide neste link aqui.


Card Game e o Jogo da Vaca:

Sobre o card game, como disse em video, acho que não vale a pena falar dele agora se eu pretendo fazer ele no futuro, e do jogo da vaca, tudo que tinha para falar foi falado no video acredito, então fica aqui um lembrete que você pode acompanhar o progresso do jogo da vaca através dos links abaixo e qualquer dúvida é só mandar mensagem

TWITTER ▶ https://twitter.com/AleNoiteGD INSTAGRAM ▶ https://www.instagram.com/alenoitegd/ FACEBOOK ▶ https://www.facebook.com/AleNoiteGD/ Board do TRELLO ▶ https://trello.com/b/90xLQxLv Pasta GoogleDrive ▶ https://drive.google.com/open?id=19MBp3-1v-P-u_dNCaDLnS4IRyDzZPT0k


Grande abraço!

AleNoiteGD.png
  • YouTube ícone social
  • Facebook ícone social
  • Twitter ícone social
  • Instagram ícone social
  • Google+ ícone social
  • RSS ícone social